segunda-feira, 21 de março de 2016

Pirrotite!

  O nome Pirrotite (Fe 1-x S), deriva da palavra grega pyrros que significa "avermelhado" e não é por acaso : é a sua rica composição em ferro que lhe confere essa cor. Para além de pertencer ao grupo dos sulfuretos e cristalizar em dois sistemas diferentes : o monoclínico e o hexagonal, apresenta também uma dureza relativa de 4 e um brilho metálico. Já teve inúmeras designações ao longo do tempo como Diprite, Pirite, Magnetopirite e Pirrotina. 

Pirrotite
(https://phdminerals.com/image/cache/data/PHD%20Minerals/PHD409/
pyrrhotite%20mineral-6-1280x800.jpg)
Existe uma variedade de Pirrotite, a Troilite, ao qual lhe foi dado esse nome por um sacerdote jesuíta que encontrou amostras do mesmo num meteorito caído perto de Modena, em Itália, em 1766. A Troilite tem inúmeras semelhanças com a Pirrotite mas o que distingue as duas é facto de a primeira não possuir magnetismo associado.

Ferro com Enstatite e Troilite
(http://tw.strahlen.org/fotoatlas/Meteorit_Steinbach2.jpg)
  Para além da sua grande semelhança com a Pirite ( cor semelhante ), como é demonstrada pelas suas designações passadas, o magnetismo é uma propriedade que chama a atenção. É o segundo mineral magnético mais abundante a seguir à Magnetite mas esta capacidade depende do número de átomos de ferro que ficam livres na sua estrutura cristalina e que se podem orientar em determinada direcção, criando um campo magnético. Uma outra particularidade é a de que quando aquecida acima dos 320ºC, esta perde as suas propriedades magnéticas e começa a decompor-se em Magnetite. É comum ainda encontrar-se em associação com a Arsenopirite, Calcopirite, Galena, Marcassite, Pirite entre outros, mas é sua propriedade magnética que a distingue das outras. 

Pirrotite vista de um microscópio de luz reflectida
( tirado na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa)

  Ocorre como depósitos segregados em camadas intrusivas associadas à Calcopirite, Galena, Esfalerite,Pirite, Marcassite e Magnetite. Para além do Ferro que lhe é retirado, são os sulfuretos de Pentlandite contidos na Pirrotite que são de maior interesse pois é a partir deste que se extrai Níquel e Cobalto em quantidades significativas. 
  Algumas das jazidas mais relevantes encontram-se em Sudburt, no Canadá e na mina de Naica ,em Chihuahua, no México.

Pirrotite de Sudbury, Canadá
(https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/2/26/
Pentlandite_in_pyrrhotite,_South_Mine,_
Sudbury,_Ontario.jpg/
640px-Pentlandite_in_pyrrhotite,_South_Mine,_Sudbury,_Ontario.jpg)
Pirrotite com Galena e Calcite, de Chihuahua, México
(http://www.minfind.com/mfthumbs/8
00_600_FFFFFF_12426465656404f46ee8.jpg)

Sem comentários:

Enviar um comentário